Centro Europeu

Curso de Produção Musical

O Curso

O objetivo do curso de Produção Musical é capacitar o aluno a produzir suas próprias músicas, com enfoque em música eletrônica. Os professores da academia serão os responsáveis por ministrar e supervisionar todos os cursos relacionados à música, trazendo para a escola seu método exclusivo e personalizado de acordo com a necessidade do aluno.

O profissional formado pelo Centro Europeu AIMEC pode atuar em diversos segmentos da produção musical, tanto para material próprio, quanto para o de outros artistas, com enfoque em música eletrônica utilizando o software Ableton Live.

Mercado de trabalho

  • Produção musical autônoma;
  • Trabalhar em estúdios de áudio profissional;
  • Live PA (apresentação com músicas eletrônicas próprias);
  • Arranjo de música eletrônica para produção de bandas;
  • Produtoras de áudio para publicidade e cinema.

Formato do curso

  • O curso conta com aulas teóricas e práticas distribuídas em 128 horas/aula;
  • Eventualmente às sextas feiras ocorrem palestras, debates e outras interações com os alunos, professores e convidados especiais;
  • Ao longo do curso, serão exercitadas diversas modalidades de trabalhos de áudio, fundamentais para o desenvolvimento de habilidades importantes ligadas ao produtor musical.

Conteúdo

O Universo da Produção Musical

Apresentação dos assuntos e a forma que estes serão abordados durante o curso. Quem serão os professores que irão ministrar as aulas. Processo de avaliação do desempenho do aluno durante o curso. A diferença entre som e áudio. Os processos da produção musical e a diferença entre os profissionais envolvidos. Setup básico de produção musical.

Ableton Live Essencials

Instalação do software Ableton Live e suas funções básicas. Interface e layout do software. Configurações iniciais (menu preferences). Quais as extensões de arquivo que podem ser utilizados, importação e exportação de arquivos. Tipos de canal (áudio / MIDI). O que são clips. Modos de visualização. Utilização das funções de transporte.

Minha Primeira Track

Fazer os primeiros experimentos com o Ableton em um projeto fornecido pela AIMEC. Identificar os elementos formadores da música. Aprender a contar compassos. Play e stop na tela de cenas. Gravação na tela de arranjo e como exportar o resultado.

Elementos Musicais

Identificar os elementos formadores da música e suas funções. Propriedades do som. Espectro de frequência, bandas de frequência e analisador de espectro. Série harmônica, notas musicais e tessitura. Elementos formadores do timbre.

Estrutura Musical

Introdução à fraseologia musical. O que são blocos musicais. Tipos de bloco musical. Forma musical. Análise estrutural em cima de uma referência.

Edição de Áudio

Edição de áudio. Fades e Crossfades. Grid. Transiente. Como aplicar o warp nos diferentes tipos de sample. Warp modes. Ferramentas de warp. Warp markers. Warp corretivo e criativo. Warp em músicas inteiras. O que são re-edits. Como construir loops. Long samples.

Aplicação Prática de Efeitos

Conexão de efeitos. Insert e Send/Return. Filtro, reverb e delay. Introdução à automações. Fluxo do sinal.

Criação Musical com Samples

Tipos de samples.Nomenclatura utilizada em pacotes de sample. Maneiras de organizar a sua biblioteca de samples.Introdução a mixagem de volumes. Construciton Kits. Como trabalhar com loops. Warp criativo. Introdução à mixagem de volumes.

Introdução ao MIDI e Percepção Rítmica

Introdução a MIDI. O que é MIDI, clips de MIDI. Comandos de tempo, navegação, edição e audição no editor MIDI. Mapping do teclado do computador. O que é compasso, fórmula de compasso. Grid e position. Percepção acerca da lógica rítmica. Figuras e padrões rítmicos.

Introdução a Samplers e Bateria

O que são samplers. Histórico de evolução dos samplers, sampler virtual x sampler de hardware. Bateria. Quais são as peças de uma bateria e suas respectivas nomenclaturas em bancos de sample. Impulse (sampler nativo do Ableton Live). Funções do impulse e sua utilização para construir baterias e kits de percussão. Padrões clássicos de bateria. Groove. Aplicação de groove a padrões rítmicos. Velocity. Edição de velocity para trabalhar a dinâmica dos elementos rítmicos.

Introdução ao Sistema Tonal

Notas musicais, semitom, sinal de alteração e notação musical. Escalas. Escala cromática, escalas diatônicas do modo maior, graus de uma escala, oitava

Modo Menor e Linha de baixo

Simpler (sampler nativo do Ableton Live). Como utilizar samples one shot tonais. Montagem de um instrumento monofônico no Simpler. Root Key e Key Range. Edição de notas MIDI no editor de MIDI. Edição não destrutiva, folding, looping, grid snapping, duração, quantização e desativação de notas MIDI. Construção de linha de baixo no Simpler. Escala diatônica de modo menor e escala relativa menor.

Harmonia

Harmonia. Acordes. Tipos de tríades e cifras. Campos harmônicos maior e menor. Ciclo de quartas e quintas. Progressões harmônicas. Aplicativos online.

Como Trabalhar com Acapellas

Warp em acapella com a música original. Quanto ao ponto de início. Ritmica do Vocal. Warp sem conhecer a música original. O que são mash-ups. Warp avançado. Mash-ups com duas músicas. Mash-ups com sample acapella. Mas-ups com músicas de outros estilos.

Fraseologia Musical

Elementos básicos de fraseologia musical. Motivo, semi-frase, frase e período. Técnicas de composição de padrões rítmicos e melódicos para um arranjo musical. Variações de motivos rítmico-melódicos.

Sampler

Sampler (sampler nativo do Ableton Live). Funções do Sampler. Aba Zone. Alteração de Root Key e Key Range. Utilização do Sampler com samples de bateria e percussão. Multisample. Conversão de Áudio para MIDI e MIDI para áudio. Envelope de pitch. Slice to New MIDI Track. Instrumento criado a partir de loop de sustentação.

Como Funciona um Sintetizador

O que é um sintetizador. Como funciona um sintetizador. Revisão de série harmônica. Osciladores, filtros e amplificadores. Operator (sintetizador nativo do Ableton Live). Tipos de onda. Envelope de amplitude. Síntese aditiva. Síntese de formas de onda complexas. Tipos de presets e timbres.

Síntese e Moduladores

Síntese subtrativa. Tipos de filtros utilizados na síntese subtrativa. Modulação. LFO, efeitos aplicados no timbre. Programação de sintetizador, customização de um timbre. Síntese de um timbre a partir de uma forma de onda simples.

Efeitos de Coloração

Efeitos de modulação. Distorção, saturator, overdrive, amp, cabinet, dynamic tube, redux, erosion, vinyl distortion, pedal, drum bus e vocoder. Como usar efeitos para timbragem. Racks de efeitos.

Criando o Arranjo

Revisão sobre estrutura musical e análise estrutural. Criação de arranjo utilizando uma música de referência. Criação de arranjo em tempo real. Ferramentas de gravação e edição na tela de arranjo.

Finalizando o Arranjo

Viradas de bateria e com uso de efeitos. Fill in e Fill out. Anacruse. Sample EFX. Automações na tela de arranjo e de clip.

Remix

O que é remix. Mercado de Remixes. Tipos de remix, como preparar pacotes para remix. Aplicação de conceitos já abordados na elaboração de um remix.

Home Studio

O que é acústica. Ambientes de um estúdio de gravação. Como melhorar a acústica da sala de controle. Setup de produção musical em Home Studio. Interface de audio. Tipo de entrada de audio. Tipos de microfone. Modos de monitoração. Configuração do software para a gravação de audio. Gravação de áudio.

Introdução à Mixagem

O que é e a importância da mixagem. Como preparar um projeto para a mixagem. Como usar músicas de referência no Ableton Live. Mixagem crua. Panorâmica. Canal de grupo.

Dinâmica

O que é compressão e quando é aplicada. Tipos de meters. Parâmetros do compressores Compressor e Glue (compressores nativos do Ableton Live). Compressão por Sidechain. Limiter. Compressão em paralelo. Compressão multi-banda, Multiband Dynamics (compressor multi-banda nativo do Ableton Live).

Equalização

História da equalização. Análise de espectro. Tipos de equalizador, parâmetros de um equalizador, filtros e bandas. Eq Eight (equalizador nativo do Ableton Live).

Efeitos de Ambiência

Reflexão e suas propriedades. Delay. Simple Delay e Ping Pong Delay (efeitos nativos do Ableton Live). Reverb. Tipos de reverb. Parâmetros do Reverb (efeito nativo do Ableton Live).

Processos da Mixagem

Compressão em grupos. Equalização para evitar mascaramentos. Compressão e distorção paralela no baixo. Ambientação. Reverb e delay. Efeitos de modulação. Chorus, flanger e phaser. Preparação da mixagem para o processo de masterização.

Controladores MIDI e Performance

MIDI mapping de controladores MIDI, launch modes e follow action. Tipos de controladores MIDI. Fundamentos de performance com o Ableton Live, utilização de controladores MIDI no processo de produção musical.

Masterização

Formato de áudio digital. Ferramentas de masterização. Monitores, subwoofers, equalizadores, compressores, dither, meters, signal paths, ISRC, volume. Plugins de masterização.

Material Didático Online

Instrutores

Alonso Figueroa

Músico profissional desde 2002, começou seus estudos de música aos 6 anos de idade. Pianista, acordeonista e vocalista, tem uma experiência vasta em palcos por todo o Brasil acompanhando artistas curitibanos utilizando em sua performance o software Ableton live com samplers, instrumento virtuais e efeitos. É formado produtor musical pela AIMEC e graduou-se bacharel em música popular em 2007 pela FAP (Faculdade de Artes do Paraná), tendo como objeto de TCC composição de música eletrônica.

Mateus B

Este artista esbanja criatividade ao expressar sua arte com agilidade e precisão. Em suas performances, Jayboo explora todos os recursos disponíveis nos equipamentos de discotecagem para criar climas envolventes e momentos únicos para o público. Estas habilidades foram desenvolvidas em meio a sua vasta experiência comandando as pistas de dança (desde meados dos anos 2000) e a vivência em sala de aula como professor nos cursos de discotecagem e produção musical da AIMEC Curitiba. Mateus B., criador do projeto, já se apresentou em 14 estados brasileiros e 5 países, além de assinar como produtor musical mais de 60 lançamentos em selos fonográficos (dentre eles: Toolroom, Mr Carter, Materialism, Witty Tunes e Hotfingers).

Vinicíus Ferreira (Drunky Daniels)

Vinícius de Moraes Ferreira AKA VINI FERREIRA, jovem gaúcho de 21 anos, sempre influenciado pela família de músicos e compositores, começam a discotecar logo cedo, e não muito tempo depois apareceram suas primeiras produções. Como produtor já teve faixas em tops de sites como Beatport, Trackitdown e Juno, e tocadas por top DJs como James Zabiela (UK) e Patrick Carrera (AUS). Vini vem firmando várias parcerias com grandes nomes da cena nacional e mundial, tais como os brasileiros Mateus B, Fernando Tessis, Dudu Nahas, Alex Dias, Mr Gill, entre outros; e internacionais como australiano Patrick Carrera e o holandês Block&Crown. Já teve EPs lançados por diversos selos nacionais e internacionais.

Sandro Cruz

Artista do núcleo Mindbreaker, Sandro Cruz tem se mostrado muito versátil quando o assunto é discotecagem, procurando sempre explorar ao máximo suas mixagens. O contato com a música eletrônica já vem do final dos anos 90, frequentando várias festas e por influência de amigos da cena. Profissionalizou-se como DJ no ano de 2011 e como Produtor Musical no ano 2012, pela AIMEC Curitiba, esta formação fez com que o artista pudesse crescer de maneira constante em sua carreira. O maior reconhecimento deste crescimento lhe rendeu em 2013 um lugar no Staff da própria AIMEC Curitiba como instrutor dos cursos de DJ, contribuindo assim na formação de vários novos artistas. Vencedor do primeiro Danghai Mixing, organizado pelo Clube Danghai, tem se apresentado com freqüência nos principais clubes da cidade e em clubes no Paraná e Santa Catarina. Suas produções e apresentações incluem vertentes da House Music como Deep, Tech e o atual G-House, produções estas que já alcançaram nomes famosos da cena local, nacional e mundial.

Carlinhos (SoundCloup / Zatrominic)

Músico autodidata desde os 12 anos de idade, Carlinhos já passou por várias vertentes da música tocando estilos que vão do Pop Rock até o Death Metal. Baixista há 14 anos, iniciou na produção musical em 2008, atua como professor na AIMEC desde 2013 e faz parte do projeto “Sound Cloup” e “Black Roof” junto com sua esposa, Flávia Barreto. Parceiros na vida pessoal e profissional, o grande diferencial desse casal está nas produções. Com um som fora do convencional, pesado e cheio de groove, a linha sonora seguida por essa dupla aparece com bastante personalidade, adequando-se com precisão tanto em clubs quanto em “open airs”. Suas produções estão nos sets de reconhecidos nomes como Kanio, Avrosse, Louie Cut, Daniel Portman, Plastic Robots, FlexB, entre outros. Sound Cloup mostra sempre muita competência em suas apresentações, fato que está conquistando cada vez mais seguidores. O projeto é, atualmente, considerado por grandes nomes do mercado da música eletrônica como um dos novos talentos em ascendência na cena eletrônica mundial.

Rafael Araujo

Ícone do techno no sul do Brasil desde 1999, já morou na Inglaterra, Buenos Aires, Flórida e Califórnia nos Estados Unidos. Sua música expressa justamente toda essa sua vivência e experiência passando por tantos lugares diferentes. Em sua carreira, realizou diversas turnês na Europa. Tocou na Alemanha, França, Polônia e Inglaterra. Também já se apresentou no Uruguai, Argentina e Estados Unidos. Por todos os países por onde morou, tocou e participou ativamente do cenário eletrônico local. Já teve a oportunidade de mostrar o seu trabalho em grandes clubes mundiais como Avalon e Playhouse (Hollywood), Rex Club (Paris), D-Edge (São Paulo), Warung Beach Club (Itajaí), Green Valley (Balneário Camboriú), Bahrein Club (Buenos Aires), The Fridge (Londres) e Club Vibe (Curitiba). Passou por festivais como Antiworld 2002, 2003, 2004 e 2005 (Londres), Tribaltech 2007, 2012 e 2014 (Curitiba), Lightning in a Bottle 2012 (Califórnia) e Solaris Festival 2017 (São Paulo). Possui quatro selos fonográficos: BR909 Records (techno) desde 2002, Eletrodomésticos Records (house) desde 2006 e AIMEC Yin e AIMEC Yang Records desde 2015. É sócio fundador e integrante da AIMEC – Academia Internacional de Música Eletrônica, ganhadora de 5 prêmios do Rio Music Conference 2011, 2012, 2013, 2014 e 2016 como a Melhor Escola / Curso para DJs do Brasil. Também é residente do Aurora Bar e Taj Bar, ambos em Curitiba.

Adrian Ribeiro

DJ com 11 anos dedicados a música, natural de Curitiba-PR, Adrian C Ribeiro iniciou a sua carreira em 2005 com 16 anos de idade. Formado em Designer Gráfico, dedicou boa parte do seu tempo e esforço ao mundo da música. Em 2007 Adrian iniciou uma nova etapa na sua carreira, a de Produtor Musical. Não demorou muito e emplacou grandes hits na época produzindo tracks dos mais variados subgêneros do Trance. Um ano depois surgiu o projeto “Wildboyz” o seu projeto de Electro House. Com o Wildboyz, o produtor curitibano viajou pelo Brasil todo e conquistou milhões de fãs mundo afora. Fez tracks com renomados produtores como, Electrixx, Miles Dyson, Phanatic, Bizarre Contact, X-Noize, Fernando Tessis. Também teve diversas tracks lançadas por gravadoras renomadas do gênero EXX Records, Plasmapool, DandyKid Records dentre outras e dividiu palco com diversos DJs do mundo todo. Em 2012 entrou para o time de professores da AIMEC (Academia Internacional de Música Eletrônica) ao qual ministra aulas de Produção Musical (Regular e Avançado) e Mixagem e Masterização. Desde então o DJ vem estudando bastante para inovar novamente na cena eletrônica e em 2015 o jovem produtor inicia um novo projeto chamado “Adriann” focado em Techno e Tech-House. Mas como ele mesmo enfatiza, o seu grande diferencial é não rotular nada (F*ck genres). “O importante aqui é fazer a galera dançar, lógico, dentro de um conceito” – Adrian C Ribeiro. O projeto Adriann já recebeu suporte de grandes nomes como; Claude Von Stroke, Maximono, Gabe, Fractall, Rocksted.

Danilo Benke

Danilo Bencke é professor de Produção Musical na mais renomada escola de música eletrônica, a AIMEC (Academia Internacional de Música Eletrônica), e atua como DJ e Produtor no seu projeto de Nu Disco / G-House “Dancko”. Desde então, já lançou por diversas gravadoras importantes da cena, como Prison Entertainment, G-Mafia, Brazuka Records e Sektor 021. Conquistando cada vez mais espaço, vem despontando como uma grande revelação desta vertente musical.

Mais informações

Duração:
1 semestre letivo (extensivo) ou 1 mês (intensivos de férias)

Dias de aula:
Segunda e quarta-feira, terça e quinta-feira ou sábado para extensivo e semi-intensivo ou de segunda a sexta-feira para o intensivo

Meses de início dos cursos:
Março e agosto (regular),  outubro (semi intensivo), dezembro e janeiro (intensivo)

Unidades:
Princesa Izabel

Gostou e quer saber mais sobre o curso?