Como montar um e-commerce

Compartilhe

0
Shares
0 0 0 0
e-commerce
30 de outubro de 2020

Evolução das Vendas Online. Crescimento do E-commerce e o Coronavírus


E-commerce de brinquedos e jogos têm variação de pedidos de 434,70% em março

Com certeza você ou alguém da sua casa comprou algum produto online ao longo deste ano, principalmente nos meses em que as medidas de distanciamento social pela pandemia do Coronavírus estavam mais rígidas. Para compreender como as vendas online aumentaram, a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, ABComm, e a Konduto, empresa especialista em risco e prevenção à fraude no e-commerce e em pagamentos digitais, realizaram um estudo em mais de 4 mil lojas virtuais, analisando 50 milhões de pedidos realizados entre 1º de março e 20 de junho.

O estudo foi dividido em 16 categorias e coletou dados do período anterior ao início do isolamento social até a flexibilização desta medida, indicando que apesar das aberturas das lojas, as compras em e-commerce se mantiveram numa crescente. O menor ticket médio do período estudado foi de R$417,82 (entre 1º e 14 de março), enquanto as compras de 10 a 23 de maio alcançaram a média de R$535,60.

As principais altas nos pedidos dos 16 segmentos estudados foram:

– Brinquedos e jogos: 434,70%, no período de 15 a 28 de março.

– Supermercado: 270,16%, no período de 15 a 28 de março.

– Calçados: 99,44%, no período de 26 de abril a 9 de maio.

– Eletrodomésticos: 96,66%, no período de 29 de março a 8 de abril.

– Cosméticos: 88,02%, no período de 29 de março a 8 de abril.

– Eletrônicos: 66,10%, no período de 9 a 25 de abril.

– Moda: 62,73%, no período de 29 de março a 8 de abril.

– Bijuterias: 56,60%, no período de 10 a 23 de maio.

– Bebidas: 54,27%, no período de 9 a 25 de abril.

– Móveis e decoração: 47,59%, no período de 9 a 25 de abril.

– Óticas: 45,98%, no período de 9 a 25 de abril.

– Artigos esportivos: 42,94%, no período de 26 de abril a 9 de maio.

– Farmácia: 41,56%, no período de 15 a 28 de março.

– Livraria: 33,65%, no período de 26 de abril a 9 de maio.

– Bazar e importados da China: 28,27%, no período de 29 de março a 8 de abril.

– Autopeças: 24,65%, no período de 26 de abril a 9 de maio.

Os números são impressionantes e revelam que o comércio eletrônico é fundamental para todo setor que deseja crescer e manter um bom ritmo de vendas ao longo de todo o ano. E daqui pra frente podemos esperar que as compras online se tornem um hábito social, afinal, o consumidor já se adaptou a comprar no conforto da sua casa e receber os mais diversos tipos de encomendas.

Sua empresa ainda não possui um e-commerce bem estruturado? Cadastre-se na nossa newsletter na página inicial e fique de olho no seu e-mail, pois em breve abriremos vagas para o curso  “Como montar um e-commerce”.

Compartilhe:


Deixe seu comentário