Digital Influencer

Compartilhe

0
Shares
0 0 0 0
31 de março de 2020

Novo coronavírus: veja dicas de influenciadores digitais para superar a crise


Com a chegada do novo coronavírus ao Brasil e a tomada de medidas de prevenção, que incluem o afastamento social, muitas empresas precisaram fechar temporariamente suas sedes físicas. Com a restrição, a atuação na internet tomou a dianteira, uma adaptação que pode reduzir danos – e até mesmo gerar oportunidades.

Segundo dados do Compre e Confie, empresa do grupo ClearSale, só no e-commerce, a alta das vendas totais foi de 40% nos primeiros 15 dias de março. Os itens de saúde registraram a maior alta, de 124%.

De acordo com Leonardo Tramontin, que está à frente do curso Digital Influencer, do Centro Europeu, empresas que já investem em marketing digital chegam às crises mais preparadas. Mas não é preciso pânico caso não haja um trabalho prévio: é sempre possível melhorar.

“Aproveite o momento para fazer uma reflexão sobre como você está posicionando sua empresa no mercado. O bom do empreendedor e de qualquer ser humano é que a gente pode se adaptar!”, afirma.

Confira as dicas:

1. Humanize sua comunicação online

De acordo com Tramontin, várias marcas têm registrado aumento de vendas ao humanizar as redes sociais e outros canais. Mas como fazer isso? “Dê a cara a tapa, porque isso vende. As pessoas gostam de ver o ser humano”, afirma. A dica é aparecer, mostrar o dia a dia, processos de produção e contar a história das pessoas envolvidas na fabricação dos produtos ou oferta dos serviços.

2. Mantenha o relacionamento com o cliente

Tramontin aconselha manter uma conversa constante com os clientes – e não apenas aqueles que entram em contato com a marca. Segundo ele, as redes sociais oferecem ferramentas para gerar interação, como as enquetes nos stories do Instagram. “Elas aumentam o tráfego orgânico, que é como as pessoas chegam gratuitamente até você”.

3. Capriche no pós-venda

Para Tramontin, a pós-venda gera muitas oportunidades para as empresas gerarem conteúdo positivo. “Você vende para uma pessoa, ela recebe em casa. Pede para ela mandar um depoimento de como foi a experiência dela. Pode ser vídeo, texto, qualquer coisa! Use o depoimento a seu favor”, aconselha.

Adaptação e união para vencer a crise

Tramontin aplicou o conhecimento na prática. Proprietário de uma empresa de assessoria criativa, com foco em eventos para o varejo, ele precisou mudar a estratégia. “Em questão de um dia, vi todos os meus contratos cancelados”, conta. Imediatamente, ele se adaptou: passou a oferecer serviços de comunicação para empresas que estão passando pelas mesmas dificuldades neste momento, a preços diferenciados. Em menos de 48 horas, já tinha fechado sete novos contratos com empresas da cidade”.

Segundo ele, neste momento, é preciso ter criatividade e pensar em conjunto para encontrar as melhores soluções. “Um precisa do outro, eu preciso trabalhar, o meu parceiro precisa trabalhar e os funcionários de suas empresas também. A hora é de união para darmos as mãos e não deixarmos a economia parar”, afirma.

O curso Digital Influencer ensina profissionais a ganharem alcance nas mídias sociais e atuarem em todas as etapas de venda – da prospecção aos pós-venda.

Digital Influencer no Centro Europeu: https://bit.ly/2US1XRr

Compartilhe:


Deixe seu comentário