Idiomas

Compartilhe

0
Shares
0 0 0 0
30 de setembro de 2019

A história da Oktoberfest


Por Katiana Zeitz

Em 12 de outubro de 1810, o rei Ludwig I e a princesa Therese von Sachsen-Hildburghausen comemoraram seu casamento em Munique (München). Para a enorme celebração, que ocorreu em um gramado (Wiese) da cidade, até mesmo o prefeito (Bürgermeister) foi convidado. Em homenagem e lembrança a Therese, esse gramado recebe hoje o nome de Theresienwiese, e é onde a festa ainda ocorre nessa mesma cidade. Para o fim da comemoração matrimoniais, houve uma corrida de cavalos no dia 17 de outubro. O sucesso da festa foi tamanho, fazendo com que fosse repetida ano após ano, dando origem à tradição da tão famosa e então nomeada Oktoberfest.

Com o tempo a Oktoberfest foi desenvolvendo-se e tornando-se uma festa popular (Volkfest). As corridas de cavalos foram substituídas por Karussells e numerosas barracas (Buden), com um cardápio variado de comidas, jogos e bebidas para o público. Além disso, surgiram também enormes barracas de cerveja (Bierzelte) para milhares de visitantes. Uma outra mudança importante que ocorreu de lá pra cá foi sua data de início, que apesar do nome, hoje em dia comemora-se a partir de setembro, devido ao costumeiro mau tempo em München no mês de outubro.

O início da festa é anunciado quando o prefeito de München insere a torneira, a marteladas, no grande barril de Chopp (Bierfass) e grita em dialeto local (Bayerisch) que o barril foi aberto: “O’zapft is!” – “Es ist angezapft!”. Daí em diante, as festividades estendem-se até o primeiro domingo de outubro na Alemanha. Estima-se que anualmente a Oktoberfest recebe cerca de 6 milhões de visitantes e empregue aproximadamente 12 mil pessoas, tendo um grande significado econômico para o país.

Quer desenvolver habilidades e obter conhecimento sobre o mundo das cervejas? Faça o curso de Beer Sommelier & Home Brewer no Centro Europeu!

Compartilhe:


Deixe seu comentário