Design de Interiores

Compartilhe

0
Shares
0 0 0 0
flori
1 de março de 2017

Nunca é tarde para encontrar aquilo que dê novo sentido à vida


Anos depois de deixar a odontologia, Larissa se apaixonou pelo Design de Interiores

Além do aprendizado técnico, uma experiência de vida. É com esse pano de fundo que se constrói a trajetória de Larissa Santos, aluna do curso de design de interiores do Centro Europeu. “Antes do curso eu não distinguia a cor do sofá da casa de um amigo. Hoje presto atenção em cada detalhe de um ambiente”, brinca ela, que, aos poucos, caminha para a reta final do curso. O olhar crítico, despertado pelos próprios docentes, somado à contínua ânsia de aprender deram vazão ao desejo de, no futuro, harmonizar espaços e levar bem-estar ao outro.

 

Esse fascínio pela área, porém, tem uma origem curiosa. Tendo atuado como dentista por anos, Larissa visualizou o design como um potencial interesse depois de acompanhar de perto a reforma do apartamento da família. “Ver um ambiente construído há 30 anos ser transformado em um espaço leve e moderno é sensacional. Depois dessa experiência e vendo que já não era mais tão necessária como mãe, decidi procurar um curso voltado para essa área”, conta. Com o apoio e incentivo da família, ela se inspirou a transmitir a outras pessoas a harmonia e o aconchego que sente ao chegar em casa.

 

Dedicada à paixão recém-descoberta, Larissa deposita na idade parte da aplicação que tem ao estudar. “Hoje, com quase cinquenta anos, quero extrair tudo o que o curso proporciona e os professores têm a oferecer. Sinto uma grande satisfação em comparecer às aulas e acho as trocas com o restante da turma enriquecedoras”, destaca. Um dos estímulos destacados por ela são as aulas práticas, como a visita a floriculturas e lojas especializadas em molduras e revestimentos, por exemplo. “Com elas conseguimos juntar as experiências dos profissionais que nos dão aula às dos fornecedores que também tem essa vivência diária”, salienta.

 

A rotina de estudante também trouxe um novo significado ao dia a dia. “Ter um novo interesse me deu outro objetivo na vida e minha expectativa é não só atuar como designer, mas continuar estudando outras áreas, como decoração e paisagismo”, comemora.

Compartilhe:


Deixe seu comentário