Profissões

Compartilhe

0
Shares
0 0 0 0
23 de janeiro de 2018

Profissões bem remuneradas que dispensam uma faculdade


Escolher uma carreira profissional para seguir não é tarefa simples. Dúvidas a respeito da área de atuação, estabilidade financeira e colocação no mercado são comuns. Inclusive, até algum tempo atrás, o discurso dos mais experientes era o de que um bom emprego só vem para aqueles que tem diploma.

Em alguns casos e profissões, isso é verdade. Entretanto, encarar uma faculdade não é a única opção. Para aqueles que pretendem alcançar um resultado mais rápido e efetivo, às vezes enfrentar a graduação custa caro, leva tempo e exige disposição para esperar o retorno dos anos de dedicação aos estudos.

Paralelo a isso, há diversas profissões no mercado que priorizam a proatividade, a experiência e a vontade de aprender ao invés do diploma. Confira três opções que dispensam a faculdade e que são muito bem remuneradas.

#1 Design de Interiores

Responsabilidades: As atribuições mais tradicionais de um designer de interiores envolvem o planejamento de construções, as decorações residenciais e empresariais, design de jardim, além da prestação de consultoria em design. O designer de interiores possui uma área vasta de atuação, e pode lecionar em escolas, gerenciar seu próprio escritório, prestar consultorias ou ainda trabalhar em escritórios de design e arquitetura. As lojas de móveis planejados e de decoração são os maiores empregadores do segmento. Com o “boom” da construção civil em Ponta Grossa, o mercado está bem aquecido e carente de grandes profissionais.

Qualificações: No Centro Europeu, o curso de Design de Interiores forma profissionais planejadores, criativos e antenados às mais diversas tendências do mercado. Além disso, os alunos são capazes de projetar soluções inteligentes para o universo da decoração de interiores, fazendo com que a formação se dê por meio de uma maneira dinâmica, técnica e vivencial, dividida em ateliês e módulos. O objetivo é formar profissionais multidisciplinares e dinâmicos, atentos às tendências e comprometidos em agregar conforto, funcionalidade e estética ao cotidiano das pessoas.

#2 Fotografia

Responsabilidades: A tarefa mais imprescindível de um bom fotógrafo é o olhar sensitivo para contar histórias através de imagens. A principal responsabilidade do fotógrafo é captar a emoção ou a sensação de determinado momento e, para isso, a profissão requer um profissional que seja criativo, atento aos detalhes, ágil e tenha o interesse por cultura em geral. Além disso, aqueles que possuem uma sensibilidade artística, um senso estético crítico e for ousado, se identificam muito com o trabalho! É possível prestar serviços de fotografia em diversos segmentos de mercado, tornando a profissão bem rentável.

Qualificações: No curso de fotografia do Centro Europeu, os alunos saem preparados para enfrentar o mercado de trabalho, aprendem a lidar com os desafios profissionais sem deixar de lado o aprimoramento do olhar artístico de cada um. O campo de atuação em fotografia também é bastante amplo e versátil e o profissional sai habilitado para trabalhar como autônomo em eventos, estúdios, jornais, revistas, agências de publicidade, entre outros segmentos.

#Sommelier

Responsabilidades: A profissão está em ascensão no Brasil e conquistou inúmeros admiradores nos últimos anos. A principal função de um sommelier é a elaboração de cartas de vinho e cervejas especiais que poderão ser utilizadas em restaurantes, bares e empórios. Este profissional apresenta aos clientes as cartas de acordo com gostos pessoais. O sommelier também é o responsável por fazer o controle de estoques dos produtos, fazer o pedido de reposição e ainda monitorar o acondicionamento em local apropriado. Ponta Grossa teve nos últimos anos a abertura de dezenas de bares e restaurantes que possibilitam o trabalho de um bom Sommelier.

Qualificações: O curso de sommelier do Centro Europeu tem o principal objetivo de formar um especialista em vinhos, que possa argumentar com propriedade sobre todo o processo de fabricação, origens, histórias e serviços da bebida. O curso ainda aborda a harmonização enogastronômica. O profissional que pretende seguir nessa área irá aprender noções de viticultura, enologia, enografia e legislação específica, além de ter o conhecimento das técnicas de degustação. O curso é focado para quem deseja aprender ou aprimorar seus conhecimentos na área, tendo em vista que o aluno poderá exercer a profissão em locais de alto nível gastronômico.

 
Fique de olho em nossa página do Facebook. Lá publicamos nossa agenda de workshop e palestras sobre nossos cursos de profissão.

 

Compartilhe:


Deixe seu comentário