Empreendedorismo

Compartilhe

0
Shares
0 0 0 0
augusto
24 de março de 2017

Lições que extrapolam a sala de aula


Professor de empreendedorismo do Centro Europeu vence prêmio jovem brasileiro

Muitos dizem que tenho sorte quando, na verdade, “ sorte é estar preparado quando uma oportunidade aparece”, e isso só depende de você

 

Levar proteção e energia positiva às pessoas. Com esse lema, o empresário Augusto Köech acaba de emplacar o “Prêmio Jovem Brasileiro” na categoria “Empreendedorismo em moda”. Para ele, o triunfo é sinônimo de alegria e muito orgulho e está entre as maiores conquistas da vida. “Estávamos concorrendo com marcas maiores de todo o Brasil, em uma premiação que já consagrou Ivete Sangalo, Luciano Hulk, Neymar, entre outros. Terços e crucifixos existem há anos, mas o que nos fez chamar a atenção foi a forma

em que comunicamos estes produtos e os inserimos no lifestyle das pessoas”, atribui.

 

Como ele mesmo define, no DNA da marca Guto Köech, idealizada há pouco mais de três anos, moram a fé, o amor, o design e a positividade. Com uma postura despretensiosa, Augusto atou duas pontas muito presentes em sua história de vida: as redes de relacionamento e o hábito de presentear amigos com terços e crucifixos confeccionados pela mãe. A combinação não poderia ter dado mais certo. “As pessoas recebiam os presentes de uma forma muito emocionada, foi quando tive a certeza de que estava com um produto com um grande valor agregado e que não sai de moda jamais: a fé”, salienta. Hoje, inserções em países como Itália, México, Alemanha e Cingapura, além de um e-commerce próprio e revendas em Curitiba e São Paulo, a marca não para de conquistar olhares da mídia e já atinge a venda de 200 peças por mês.

 

Inicialmente pelo fácil acesso, a escolha do jovem foi por alicerçar as bases da marca, na época ainda incipiente, nas redes sociais. Atualmente, a opção também passou a ser um diferencial. “O raciocínio é simples: se você influencia o outro com os seus hábitos, por que não usar isso a favor da sua marca? Pensando nisso foi que, em uma estratégia de marketing, me tornei o próprio garoto propaganda da marca em comemoração aos seus três anos, tendo um feedback espetacular”, conta.

 

À ousadia de apostar no inusitado, Augusto somou o posicionamento de marca focado e transmitido com cuidado e qualidade na esfera virtual. “Atirar para todos os lados pode ser um tiro no pé. Por isso, por um longo período, trabalhamos somente com terços e crucifixos masculinos para depois partirmos para pulseiras e linha feminina, como chokers e terços para noivas. É fundamental se posicionar para que o mercado assimile corretamente o seu propósito”, aconselha. A preservação da essência da história que deu vida ao negócio também é um ponto de atenção constante para expansão. “A transparência da nossa história também foi fundamental. Mãe e filho, empreendedorismo, fé. Nossas conquistas são compartilhadas e comemoradas com nossos seguidores”, acrescenta.

 

Além de empresário, Guto também é professor do Curso de Empreendedorismo e Inovação do Centro Europeu e consultor da GK IDEIAS, novo braço da GK focado em marketing estratégico para marcas nas redes sociais. Em sala de aula – em situações reais de sua própria experiência – ele busca inspiração para criar uma conexão genuína com os alunos, revelando a eles que o caminho para empreender é permeado de dúvidas e incertezas. “Faço questão de ressaltar as dificuldades que tive exatamente para tirarem da cabeça a falsa imagem de conto de fadas em construir seu próprio negócio. O feedback que recebo é que esta proximidade de perfil e de idade gera um interesse ainda maior”, conclui.

Compartilhe:


Deixe seu comentário