Gastronomia

Compartilhe

0
Shares
0 0 0 0
sem-titulo-31
29 de agosto de 2018

A vitória tem gosto de chocolate


Com um produto inovador, viável e pronto para o mercado, a Flè – Cacau & Oliva de Tamira Gallucci não é apenas a startup vencedora do Desafio Gastronômico promovido pelo Centro Europeu e Pátio Batel, mas também um destaque em tecnologia e empreendedorismo.

1º Desafio Gastronômico de Startups

Não é novidade que somos fanáticos por inovação. Somos uma escola que prima pelo novo, por fazer diferente e que quer sempre resultados melhores. E era exatamente isso que estávamos buscando quando participamos da empreitada de criar, ao lado do Pátio Batel, o 1º Desafio Gastronômico de Startups. Durante 3 meses buscamos uma solução inédita e, com muito sucesso, a resposta veio com a Flè – Cacau & Oliva que passou por todos os processos de validação, teste e desafio final, mostrando que gastronomia é tornar o que todos poderiam considerar óbvio no inédito, visando cada detalhe. Segundo Tamira “A vitória do Desafio foi algo totalmente inesperado que nos fez repensar todo o nosso plano de negócio, afinal de contas, montar e gerenciar uma loja não estava nos nossos planos de curto prazo”.  Ainda assim ela estava pronta para dar um passo além; estava pronta para receber a mentoria do Centro Europeu.

sem-titulo-36

Uma parceria de sucesso

Tamira afirma que “A mentoria do Centro Europeu foi muito importante nesse primeiro momento para nos auxiliar na organização de custos e definição de preços.” Agora com a loja montada ela segue contando com o nosso apoio em diversos temas, tais como mídias digitais, produção, portfólio de fotografias, planejamento estratégico e até mesmo parcerias de comunicação.

whatsapp-image-2018-08-28-at-15-28-32

Para todos

Gallucci mostrou ao longo dos meses que a Flè era diferente por valorizar pessoas e a natureza. Seus ganaches possuem como base azeite de oliva extra virgem, uma das gorduras vegetais de melhor qualidade nutricional. Além disso, no preparo não são utilizados açúcar refinado, glúten, lactose, conservantes, acidulantes, corantes e outros ingredientes nocivos à saúde. Mesmo com um produto que visa todos os públicos a Flè ainda precisava de uma mãozinha para ficar pronta para o mercado e, em parceria com o Centro Europeu, a startup amadureceu para o próximo passo.

sem-titulo-34

Que seja doce

Após o resultado e a mentoria do Centro Europeu, a Flè dá as caras no mercado e toma o seu lugar na praça de alimentação do Pátio Batel pelo período de até um ano. O nosso acompanhamento continua, pois entendemos a importância de apoiar iniciativas e negócios inovadores como a Flè. Tamira afirma que está na “na torcida para que ao final dos 12 meses tenhamos fomentado a Flè como um negócio genuíno, promissor e que nossa essência possa ser multiplicada.”

Sem dúvidas a vitória tem gosto de chocolate!

 

 

Texto: Mariana Leal

Compartilhe:


Deixe seu comentário